segunda-feira, 25 de junho de 2012


O mundo estava errado. Lá dentro daquela casinhola vivia uma mulher que o amava, e ali fora estava ele a arder de desejo por ela. Não havia na natureza nenhuma razão por que não se juntassem e amassem. No entanto, erguia-se entre ambos um muro, e um muro transparente, feito de convenções, mentiras, hipocrisias, fraquezas. Estava tudo errado, tragicamente errado. No fundo, a resolução do problema era coragem. E coragem era o que não lhe faltava.


A Sombra do Anjo - O Retrato